HARMONIAS DA ÁSIA

SUDESTE ASIÁTICO

BANGKOK (2n) | CHIANG RAI (1n) | CHIANG MAI (2n) |  | PHUKET (2n) |
SINGAPURA (2n) | UBUD (2n) | NUSA DUA (2n)
Parte Terrestre + Aéreos internos Bangkok / Chiang Rai // Chiang Mai / Phuket / Singapura / Denpasar 
Duração: 13 noites
Outubro/2017 a Março/2018
Saídas regulares aos domingos e quintas-feiras
Acompanhamento de guia falando em espanhol
A partir de: US$ 4.057 por pessoa em apartamento duplo

Ahh, o Sudeste Asiático! Paisagens impressionantes, cidades frenéticas e outras super tranquilas, cultura riquíssima, arquitetura diferente, comidas deliciosas…

Toda a região da Ásia que fica abaixo da China e da Índia, faz parte do sudeste, e inclui onze países: Tailândia, a queridinha dos turistas na região, Malásia, Singapura, Camboja, Brunei, Birmânia, também conhecida como Myanmar, Timor Oriental, Indonésia, Laos, Filipinas e Vietnã. Neste roteiro, você irá passa pela Tailândia, Singapura e Indonésia.

A Tailândia é o mix perfeito entre cultura, hedonismo e exotismo. Sendo um dos destinos turísticos mais cobiçados e atraentes do mundo, é ainda dona de uma cultura rica e distinta, belezas naturais esplêndidas e passeios super divertidos. Também é riquíssima em belos, tradicionais e imponentes templos, que encantam os olhos de qualquer mortal. Sinta esse turbilhão de sensações inéditas!

Bangkok, capital tailandesa, mistura tradição e modernidade, e é daquelas megalópoles onde tudo pode acontecer.

Descobri-la é uma eterna aventura: sua atmosfera vibrante, seus inúmeros e encantadores templos budista, além dos seus rituais religiosos, culturais e gastronômicos de um povo extremamente alegre e acolhedor.

O que não faltam são atrações interessantes, sendo o ponto mais simbólico o majestoso Grande Palácio, antiga residência real, repleta de história.

Chinatown e Kao San Road são outros lugares que devem fazer parte de qualquer roteiro, além dos belíssimos templos budistas, como o Wat Phra Kaew e o Wat Pho – o do Buda Deitado.

Há também o maior mercado do mundo, o Chatuchak. Dar uma volta de tuk tuk (o lendário táxi de três rodas) entre os lugares mais emblemáticos da capital é um clichê, porém imprescindível. Mas. o jeito mais prazeroso de se locomover é usando os barcos que navegam pelo rio Chao Phraya, a grande artéria que corta a cidade, tendo às suas margens os templos mais importantes e alguns dos hotéis de luxo.

Chiang Rai é a província mais ao norte da Tailândia, localizada numa região conhecida como Triângulo Dourado, onde Tailândia, Laos e Mianmar fazem fronteira e se encontram com o Rio Mekong. Hoje a cidade de Chiang Rai é a principal base para quem pretende viajar pela região, que ganhou fama internacional no final do século passado, quando um conceituado artista contemporâneo resolveu reconstruir o principal templo da cidade – Wat Rong Khun – com seu próprio dinheiro, surgindo assim o Templo Branco, uma arte contemporânea em forma de templo budista.

A ponte que leva ao acesso principal do Templo Branco é muito impactante, cercada de mãos para fora da terra, como se estivessem saindo de suas profundezas, algumas carregando jarros e outros objetos. Após a ponte, as duas estátuas mais famosas do templo branco formam o chamado Portão do Paraíso. Porém,Mas é somente dentro da construção principal que você realmente entende a loucura do local. As paredes internas do templo branco são forradas com pinturas recheadas de elementos e personagens da cultura pop como Michael Jackson, Freddie Krueger, Hello Kitty, Harry Potter e Superman. Todos os prédios do conjunto são em estilo tailandês clássico, em cor branca (exceto um deles, o chamado Prédio Dourado, que é… dourado) e cobertos de fragmentos de espelho, fazendo com que eles brilhem quando o sol bate.

Chiang Mai é a segunda maior cidade da Tailândia, e praticamente empata em número de templos com a gigante Bangkok: 300.

Entre os principais estão o Wat Phra Singh, que abriga a imagem do “Buda leão”, a mais importante de Chiang Mai; o Wat Chedi Luang, onde há monges de plantão para conversar; o Wat Chiang Man, o mais antigo; o Wat U Mong, cercado por florestas; e o Wat Suan Dok, com sua cúpula dourada.

Também chamada de “a rosa do norte”, a cidade é colorida, conta com um mercado noturno agitado e um centro histórico com vocação para a boemia. Além disso, seus arredores abrigam tribos indígenas (como as famosas mulheres de “pescoço de girafa”) e campos para safáris de elefantes.

Pra completar o roteiro, seja bem-vindo à maior ilha da Tailândia: Phuket, esse verdadeiro paraíso tropical, que é hoje um dos destinos de férias preferidos no mundo, oferecendo um número crescente de hotéis de luxo, restaurantes de primeira e até mesmo uma florescente comunidade de arte.Ao sul do país, conta com praias magníficas, embelezadas por palmeiras, um mar cravejado de ilhas, deliciosos frutos do mar e sol o ano inteiro, Phuket é formada por uma cadeia de baías, premiando quem a visita com um cenário de sonhos.Dentre as atividades atraentes por lá estão o trekking com elefantes, bungee jumping, várias opções de esportes aquáticos, e agora também o Parque Aquático Phantasea.  Além disso, Phuket possui uma vida noturna legendária e uma deliciosa gastronomia.

Localizadas no Oceano Índico, Phi Phi Island formam um arquipélago formado por 6 ilhas,  entre a Ilha de Phuket e o continente. Sendo as mais desejadas da Tailândia, é nelas que está Maya Bay, uma das praias mais famosas do mundo e que foi cenário do filme A Praia, estrelado pelo ator Leonardo DiCaprio.

Por conta da visibilidade que as ilhas ganharam com o filme, milhares e milhares de viajantes rumam para Tailândia todos os anos. Felizmente ainda existem lugares mais preservados e mais tranquilos em Phi Phi, por isso é bem importante você conhecer a ilha e escolher um lugar pra ficar de acordo com o que você está buscando.

A Phi Phi Don é a maior e onde tudo acontece; Em Koh Phi Phi Leh só tem uma edificação, que é uma casa onde os guardas do parques dormem, mas ninguém pode se hospedar. É na Ko Phi Phi Leh que fica a famosa Maya Bay, a gruta Viking, e um ótimo mergulho na Pileh Bay com snorkel. As restantes: Ko Bida Nok, Ko Mai Phai, Ko Yung, Ko Bida Noi são bem pequenas e não são povoadas.

A cidade-estado de Singapura está entre as mais seguras, ricas e diversas do mundo. Sendo uma das mais modernas nações do continente, esse tigre asiático é high-tech por natureza.

A região de Clarke Quay, de frente para o mar, concentra as melhores opções de restaurantes e vida noturna. Sem contar o Singapure zoo, que com seu conceito de eliminar as jaulas dos animais, o coloca entre um dos melhores do mundo. Quando o assunto são compras, o país possui todas as maiores grifes internacionais. Além disso, um dos grandes baratos de ir a Cingapura é esbaldar-se em seu rico, variado e colorido cenário gastronômico.

A Indonésia é considerada o maior arquipélago do mundo, formada por aproximadamente 14 mil ilhas no Oceano Índico, na porção sudeste do continente asiático. O país pertence ao Hemisfério Oriental, visto que seu território está totalmente localizado a leste do meridiano de Greenwich. A linha do Equador “corta” a Indonésia, fazendo com que uma parte pertença ao Hemisfério Setentrional (norte) e a outra, ao Hemisfério Meridional (sul). O território indonésio está situado numa zona sísmica e de vulcões ativos, sendo afetado por terremotos e tsunamis.

A ilha de Bali pode parecer apenas um outro destino turístico popular, mas pelo contrário, é impossível não ser tocado por uma certa magia da “Ilha dos Deuses”. Possui aproximadamente 5.620Km² e é uma ilha predominantemente hindu. Bali é uma das 17.000 ilhas da Indonésia, integrante das Pequenas Ilhas de Sonda e encontra-se entre as ilhas de Java, a oeste, e Lombok, a leste. A capital provincial é Denpasar, região onde está localizado o aeroporto internacional de Bali, o qual leva o mesmo nome da capital. Bali foi povoada antes da Idade do Bronze, por volta de 300 a.C.. Marco Polo, um italiano, foi o primeiro europeu a chegar a Bali em 1292. Após alguns anos, os portugueses chegaram à ilha e depois os holandeses. Em 1597, ocorreu a primeira expedição holandesa que foi comandada por Cornelius Houtman, onde grande parte da tripulação recusou-se a voltar para a Holanda e passou a viver em Bali. No início do século XIII, Bali já era colônia holandesa, e substituíra os portugueses no comércio. Esta colonização ocidental não foi pacífica e houve ao longo dos anos massacres e atentados, inclusive em 2005. Isso resume a grande influência europeia em Bali.

Região onde se tem muitos terraços de arroz, Ubud não é encantadora por causa de suas praias ou vida noturna, mas sim pelas artes, música, arquitetura e dança. Devido a isso, Ubud é conhecida como o centro das artes e vem atraindo e cultivando o talento artístico desde quando a família aristocrática no final do século XIX fez de Ubud sua sede. Diversos intelectuais e artistas ocidentais visitam a região desde 1930, o que acabou fornecendo um estímulo para a arte local, introduzindo novas técnicas, ideias e influências. Foi dessa forma que a cultura balinesa começou a ser promovida em todo o mundo. E mesmo a cidade tendo passado por enorme desenvolvimento, ainda é bonita e descontraída.

 

 

PACOTE INCLUI:    

  • Bilhete aéreo Bangkok/Chiang Rai//Chiang Mai/Pukhet/Singapura/Denpasar (classe econômica);
  • Acomodação nos hotéis mencionados ou similares com café da manhã;
  • Refeições (sem bebidas) como indicado en el itinerario;
  • Traslados, visitas e excursões com guia falando espanhol;
  • Entradas a locais de interenes durante as visitas e excursões.

PACOTE NÃO INCLUI:    

  • Bilhete aéreo Internacional de saída e retorno ao Brasil;
  • Taxas de embarque;
  • Despesas de caráter pessoal: bebidas, lavanderia, telefonemas, etc.;
  • Refeições não mencionadas no programa;
  • Gorjeta a guias e motoristas.

PREÇO POR PESSOA – A PARTIR DE – EM USD 

Parte Terrestre + Aéreos internos Bangkok / Chiang Rai // Chiang Mai / Phuket / Singapura / Denpasar 
Base Privado com guia falando Espanhol

Período: Outubro 2017

Categoria dos hotéis Em duplo ou triplo Suplemento individual
Standard 4.057 1.431
IRRF 181 66
Superior 4.113 1.479
IRRF 184 68
Deluxe 6.460 3.819
IRRF 292 176

Período: Novembro 2017 à Março 2018

Categoria dos hotéis Em duplo ou triplo Suplemento individual
Standard 4.140 1.410
IRRF 185 65
Superior 4.342 1.611
IRRF 194 75
Deluxe 6.626 3.875
IRRF 299 178
POLÍTICA PARA CRIANÇAS (Serviços terrestres):
Crianças de 1 à 2 anos: Grátis Crianças de 2 à 12 anos: 25% de desconto em cama extra com dois adultos. Crianças acima de 12 anos: Preço de adulto

HOTÉIS PREVISTOS OU SIMILARES:

BANGKOK:
Cat. Standard: Eastin Grand
Cat. Superior: Pullman G
Cat. Deluxe: The Peninsula Bangkok
CHIANG RAI:
Cat. Standard: Phowadol Hotel
Cat. Superior: Legend Resort
Cat. Deluxe: Le Méridien Chiang Rai Resort
CHIANG MAI:
Cat. Standard e Superior: Holiday Inn Chiang Mai
Cat. Deluxe: Le Meridien Chiang Mai
PHUKET:
Cat. Standard: Eastin Easy / Aspira Prime
Cat. Superior: Novotel Phuket Karon
Cat. Deluxe: Pullman Phuket Arcadia
SINGAPURA:
Cat. Standard: York Hotel
Cat. Superior: Park Hotel Clearke Quay
Cat. Deluxe: Parkroyal on Pickering
UBUD:
Cat. Standard: Ubud Pita Maha Resort
Cat. Superior: Ubud Uma
Cat. Deluxe: Four Seasons
NUSA DUA:
Cat. Standard: Ayodya Resort
Cat. Superior: Nusa Dua Melia
Cat. Deluxe: Four Seasons Jimbaran
Notas importantes:
  • Valores expressos em dólares americanos (U$) para pagamentos em reais (R$) convertidos pela taxa de câmbio do dia da compra.
  • Horário de check-in nos hotéis: 13h00 ou 14h00 / Horário de checkout nos hotéis: 11h00 ou 12h00;
  • O roteiro está sujeito a alteração dependendo dos vôos confirmados, condições climáticas e nas estradas.
  • Há vários períodos com suplementos de alta temporada nos hotéis: Julho à Agosto 2017 & Dezembro 2017 à Março 2018;
  • Esta é uma tabela de Pronta Referência. Preços sujeitos a alteração sem prévio aviso.
  • Consulte disponibilidade e forma de pagamento.
  • Para opções com voos, favor consultar.

1º dia – BANGKOK

Chegada a Bangkok. Após as formalidades de imigração e alfândega,  traslado ao hotel escolhido. Check-in a partir das 14:00 hrs. Resto do dia livre.

2º dia – BANGKOK

Café da manhã no hotel e saída para visita a cidade com os 3 maiores templos budista de Bangkok e ao Grand Palace: o templo Wat Traimit, com sua estátua do Buda em ouro maciço de 5 toneladas e meia. Wat Po é o maior dos templos da cidade e possui uma colossal estátua do Buda em posição reclinada. O Grand Palace é um dos maiores exemplares da antiga corte do Sião. Foi usado como residência dos reis da Tailândia. O complexo tem palácios usados em diversas ocasiões: Palácio do funeral, palácio das recepções, o hall do trono, o hall da coroação, casa real para hóspedes e o templo do Buda de esmeralda. Tarde livre.

3º dia – BANGKOK/CHIANG RAI

Café da manhã e traslado ao Aeroporto para embarque em seu vôo com destino a Chiang Rai (vôo sugerido PG:231 ou WE:130). Chiang Rai, um dos destinos mais sedutores. Sua riqueza natural, cultural e etnográfica são algumas das principais atrações.  A cidade de Chiang Rai faz fronteira com Laos e Myanmar. É uma das regiões mais rurais do país, coberta por planícies férteis e emoldurada por altas montanhas, onde florescem papoulas, plantas das quais se extrai a resina utilizada para fazer o ópio. Até recentemente, a província de Chiang Rai era o centro da indústria desta substância e a cidade foi considerada a porta de entrada do Triângulo de Ouro. Chegada, recepção pelo guia e saída para visita ao Triângulo de Ouro. Passeio de barco tradicional para apreciar a vida diária do povo de Laos. Almoço em restaurante local e continuação da visita a Casa do Ópio, seguido dos vilarejos das minorias étnicas Akha e Yao. Conheceremos a tribo das famosas Mulheres Girafas. Chegada ao hotel e acomodação.

4º dia – CHIANG RAI/CHIANG MAI

Café da manhã e traslado ao pier e embarque em barco tradicional para a tradicional visita a vilas das minorias étnicas Karen, Lahu (Muser), localizadas as margens do Rio Kok. Visita ao Wat Rong Khun, o famoso templo branco. Partida para Chiang Mai com almoço em rota. Chegada e visita ao Templo mais conhecido da cidade, Wat Doi Suthep, localizado em cima de uma colina. Check in no hotel, jantar e acomodação.

5º dia – CHIANG MAI/CAMPO DOS ELEFANTES/ALDEIA DAS MULHERES GIRAFAS

Café da manhã e visita ao acampamento de elefantes, onde os animais são vistos tomando banho, arrastando troncos e outras proezas. Saída de Mae Sa Valley e visita ao orquidário Sai Nam Phung, onde você pode apreciar as melhores variedades e um pequeno viveiro de borboletas. Almoço em restaurante local e visita a uma das fábricas de artesanato local: lacas, tecidos de seda e confecção de sombrinhas. O tour termina com a visita a uma fábrica de esculturas de madeira. Tempo livre para comprar antiguidades birmanesas. Acomodação.

6º dia – CHIANG MAI/PHUKET

Café da manhã e traslado ao Aeroporto com destino a Phuket. Chegada e traslado ao hotel para acomodação.

7º dia – PHUKET/PHI PHI ISLAND/PHUKET

Café da manhã e traslado ao pier para embarque em lancha rápida com destino a Koh Phi Phi, composta por duas ilhas. A maior, Koh Phi Phi Don e a menor, Koh Phi PhiLeh, onde foi filmado o filme “A Praia” que se deu em Maya Bay. No retorno a Phi Phi Don, descobriremos a pitorescas colinas, penhascos de tirar o fôlego, praias deáguas cor de esmeralda e sua colorida vida marinha. Almoço em restaurante loca. Retorno ao hotel em Phuket para acomodação.

8º dia – PHUKET/SINGAPURA

Café da manhã e traslado ao Aeroporto para embarque em seu vôo com destino a Singapura. Chegada e traslado ao hotel para acomodação.

9º dia – SINGAPURA

Café da manhã e saída para meio dia de passeio pela cidade de Singapura, passando por Padang, o Clube de Críquete, a histórica Casa do Parlamento, o Supremo Tribunal e o Salão da Cidade. Em seguida, visita ao Parque Merlion, de onde poderemos avistar a Marina Bay. Continuação ao Templo Thian Hock Keng, Jardim das Orquídeas Nacional e Pequena Índia. Retorno ao hotel.

10º dia – SINGAPURA/BALI-UBUD

Café da manhã e traslado ao aeroporto para embarque em seu vôo para Bali. Chegada a Denpasar e traslado ao hotel na região de Ubud.

11º dia – UBUD

Café da manhã e dia livre. Sugerimos passeio opcional a Tohpati, que é conhecida pelos produtos de batik. Continuação para Celuk, o centro de requintados trabalhos de prata e MAS, conhecida por gravuras em madeira fina. Entre em Ubud, conhecida por suas galerias de arte, e uma casa para artistas locais e estrangeiros. Um deles é Agung Rai Museum of Art, que tem uma extensa coleção de pinturas de artistas balineses, indonésios e estrangeiros em clássicos balinês e estilos contemporâneos. Depois, se pode testar a habilidade de barganha no mercado de Ubud. Antes de uma visita a Puri Saren Agung, cuja família real governou Ubud do final de 1800 até 1917. Almoço incluído.

12º dia – UBUD/NUSA DUA

Café da manhã e tempo livre para atividades independentes. Em horário determinado, saída com destino a Nusa Dua. No caminho, visita um dos templos mais bonitos do Sul de Bali, o Pura Taman Ayun. O templo foi construído no século XVII pelo Príncipe I Gusti Anom. Literalmente traduzido o significado é “Floating Flower Garden”, porque o templo está situado no meio de um lago artificial. Dê um curto passeio pelo complexo e admire o impressionante entorno. Nossa última parada e destaque desta excursão aguarda na costa. O famoso templo de Tanah Lot é um dos templos mais importantes de Bali. Construído em uma pequena ilha no mar é um lugar perfeito para desfrutar de um pôr do sol incrível em um ambiente de tirar o fôlego. Chegada, jantar e acomodação no hotel em Nusa Dua.

13º dia – NUSA DUA

Café da manhã e dia livre.

14º dia – NUSA DUA

Café da manhã, check-out e em horário determinado, traslado ao Aeroporto para embarque em seu vôo para o próximo destino. FIM DOS NOSSOS SERVIÇOS!!!!

Capital: Bangkok

Idioma Oficial: Língua tailandesa

Moeda: Baht

Fuso horário: 10h (horário de Brasília)

Código de área: 66

Localização: Ásia

Clima: A Tailândia tem um clima tropical, isto é, úmido e quente, com três estações: temperada, quente e chuvosa. A melhor época para viajar é entre os meses de Novembro e Fevereiro, que coincide com a estação temperada. Neste período, a temperatura média é de 20º C, com um índice de humidade por volta dos 55%. Durante a estação quente, de Março a Maio, a temperatura pode subir até aos 30º C, como média, podendo chegar próximo aos 40º C em algumas regiões. Nesta época, o índice de umidade sobe consideravelmente.

De Junho a Outubro, estação chuvosa; as monções fazem a sua aparição com diferente incidência conforme as regiões. Se, no Norte, a intensidade das mesmas pode ser escassa, no Sul, a sua presença pode revelar-se com grande violência. A temperatura oscila entre os 24º e os 34º C, embora a sensação de calor possa parecer bastante superior, já que os índices de umidade rondam, neste período, os 80%.

Documentos: Passaporte válido com data de expiração superior a 6 meses.

Visto: Brasileiros estão isentos de visto à turismo ou negócios simples (reuniões e seminários), para permanência de até 90 dias.

VACINAS: É obrigatório apresentar o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela Importante: A vacina deve ser aplicadas pelo menos 10 dias antes do início da sua viagem.

Capital: Bangkok

Idioma Oficial: Língua tailandesa

Moeda: Baht

Fuso horário: 10h (horário de Brasília)

Código de área: 66

Localização: Ásia

Clima: A Tailândia tem um clima tropical, isto é, úmido e quente, com três estações: temperada, quente e chuvosa. A melhor época para viajar é entre os meses de Novembro e Fevereiro, que coincide com a estação temperada. Neste período, a temperatura média é de 20º C, com um índice de humidade por volta dos 55%. Durante a estação quente, de Março a Maio, a temperatura pode subir até aos 30º C, como média, podendo chegar próximo aos 40º C em algumas regiões. Nesta época, o índice de umidade sobe consideravelmente.

De Junho a Outubro, estação chuvosa; as monções fazem a sua aparição com diferente incidência conforme as regiões. Se, no Norte, a intensidade das mesmas pode ser escassa, no Sul, a sua presença pode revelar-se com grande violência. A temperatura oscila entre os 24º e os 34º C, embora a sensação de calor possa parecer bastante superior, já que os índices de umidade rondam, neste período, os 80%.

Documentos: Passaporte válido com data de expiração superior a 6 meses.

Visto: Brasileiros estão isentos de visto à turismo ou negócios simples (reuniões e seminários), para permanência de até 90 dias.

VACINAS: É obrigatório apresentar o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela Importante: A vacina deve ser aplicadas pelo menos 10 dias antes do início da sua viagem.

 

Print Friendly, PDF & Email